• Henrique de Souza

Confira o que é XaaS e como funciona nas empresas!



A computação em nuvem está quebrando os paradigmas da tecnologia da informação, permitindo que quase tudo o que é relacionado ao mundo digital seja oferecido como serviço.


Se você está antenado certamente já ouviu os termos SaaS, IaaS e PaaS, que até então eram os principais serviços oferecidos pelos provedores.


Acontece que o número de produtos que estão sendo fornecidos como “as service” só cresce, e para englobar essa enorme gama de serviços, uma nova sigla foi criada: XaaS, ou Anything as Service — “tudo como serviço”, em tradução livre.


Neste post, você conhecerá o que é XaaS, qual a sua importância e como é o seu funcionamento nas empresas. Confira!


Afinal, o que é o modelo XaaS?


Com a evolução da computação em nuvem — em que tudo pode ser oferecido como serviço —, as empresas começaram a depender menos de infraestruturas e ativos de TI internos, e a contratar serviços de cloud computing por demanda.


Atualmente, é possível encontrar softwares, infraestrutura e plataformas de serviços completas na nuvem, o que abre margem para a virtualização de todos os elementos de uma empresa, sem a necessidade de infraestrutura física local.


Podemos resumir então XaaS, como um guarda-chuvas que traz sob seu escopo todas as tecnologias que antes precisavam ser trabalhadas internamente em uma empresa, e que hoje podem ser contratadas em planos específicos, de acordo com a demanda. Além da possibilidade de serem acessados por meio da nuvem, em qualquer local e dispositivo.


Quais benefícios o modelo XaaS oferece para as empresas?


Mobilidade e produtividade

Com a possibilidade de adquirir uma matriz completa de serviços virtualizados, já é permitido criar uma empresa 100% na nuvem. Assim, podemos dizer que uma empresa que utiliza o modelo XaaS, está em todo lugar, e seus colaboradores podem trabalhar de forma remota e colaborativa, mesmo estando em diferentes partes do mundo.


Redução dos custos

As pequenas empresas sempre tiveram uma certa dificuldade para investir em infraestrutura de TI, pois, além de cara, é uma operação complexa. Montar uma infraestrutura interna demanda muitos recursos, tanto na aquisição dos equipamentos como na manutenção.


Com o surgimento dos modelos de serviços oferecidos na nuvem, a necessidade de adquirir equipamentos e cuidar da gestão/manutenção da infraestrutura é eliminada.


Escalabilidade e flexibilidade

Outro benefício que atinge diretamente as pequenas e médias empresas, é que com a oferta de serviços por demanda, essas corporações podem contar com o que há de melhor em tecnologia a um custo baixo.


Isso permite que a organização trabalhe sempre com os recursos de acordo com a demanda, podendo escalar de forma rápida e intuitiva, apenas trocando o plano de seu provedor.


Esse maior controle, aliado ao acesso às melhores tecnologias, permite que essas empresas menores ganhem um diferencial, possibilitando a disputa no mercado com empresas maiores.


Quais são os modelos XaaS para novos serviços disponíveis?


Além dos tradicionais modelos relacionados a nuvem, como:

  • IaaS — infraestrutura como serviço;

  • SaaS — software como serviço;

  • PaaS — plataforma como serviço.


O XasS engloba outras opções bem interessantes:

  • MaaS (Monitoramento como Serviço): monitoramento automático de uma infraestrutura hospedada na nuvem;

  • CaaS (Comunicação como Serviço): termo que se refere a vários serviços de telefonia feitos por meio da nuvem;

  • DaaS (Desktop como um Serviço): como o nome sugere, são os desktop virtuais em que toda a infraestrutura de back end é hospedada no cloud;

  • DRaaS (Recuperação de Desastres como Serviço): serviço que oferece uma cópia de segurança dos servidores físico ou virtual de uma empresa para que seja acionado em caso de desastre.

O modelo XaaS é uma excelente oportunidade para pequenos empreendedores, com grandes ideias, começarem os seus negócios. Com ele, o planejamento e controle de orçamento caminham lado a lado, possibilitando o acesso ao que há de melhor em infraestrutura tecnológica, de forma remota e acessível.


Gostou desse artigo? Então curta, espalhe e compartilhe nas suas redes sociais!

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo